Ovo de Páscoa no Pote




Sem dinheiro para comprar ovos de Páscoa? Que tal aprender a fazer ovos de Páscoa no Pote? A receita é simples e fácil de fazer e o custo é menos do que 20 reais, e ainda poderá presentear amigos, colegas e familiares.

Ingredientes:

·        01 lata de leite condensado
·        03 colheres (sopa) de chocolate em pó
·        01 colher (sopa) de margarina ou manteiga sem sal
·        01 lata de creme de leite
·        01 xícara (chá) de gotas de chocolate
·        06 bolachas de chocolate escuro ou se preferir pode substituir por brownie
·        Pote de vidro para servir, se quiser pode decorá-los

Preparo:

Coloque em uma panela o leite condensado, o chocolate em pó e a margarina, misture bem até começar soltar do fundo da panela. Adicione o creme de leite e misture mais um pouco ate formar um brigadeiro mole, retire do fogo e deixe amornar.

Depois, que a mistura de chocolate estiver morna para fria monte os potes da seguinte maneira: uma camada de gota de chocolate, brigadeiro, bolacha de chocolate ou brownie, brigadeiro, gota de chocolate e brigadeiro.

Podem ser servidos gelados ou em temperatura ambiente. Na geladeira a validade é de 10 dias e em temperatura ambiente 5 dias.

Boa Páscoa!



Salsicha Caseira



Não compre salsicha inustrializada, faça em casa, pois você terá a certeza da procedência das carnes utilizadas, além de ter a higiene como seu principal aliado.

Ingredientes:

·        500 gramas de carne magra (boi e/ou porco)
·        250 gramas de gelo picado (água)
·        375 gramas de gordura de porco (preferencialmente da camada da pele ou banha)
·        20 gramas de sal
·        25 gramas de leite em pó desnatado (funciona como emulsificante, estabilizante e umectante)

Preparo:

Mantenha sempre tudo gelado, inclusive as travessas, equipamentos, carnes, gordura e líquidos que serão utilizados no preparo da receita. Deixe-os no freezer antes de utilizá-los.

A carne e a gordura também devem ficar no freezer antes de serem utilizados até quase ficarem congelados. O sal é adicionado na proporção de 10 gramas para cada 500 gramas de carne e gordura.

Pique a carne com uma faca, aproveite para tirar os nervos. Passe a carne e a gordura no moedor de carne com o disco largo, volte para o freezer caso tenha aquecido um pouco, tempere com o sal e, caso necessário, adicione o nitrito de sódio para prevenir a proliferação de bactérias.

Remova do freezer, adicione o gelo picado e passe novamente no moedor de carne com o disco de moagem mais fino. Retorne a mistura para o freezer.

Emulsificando o recheio da salsicha

Essa é a parte mais importante que transforma uma linguiça em salsicha. 

Retire a mistura do freezer e adicione no batedor com a pá plana mantendo sempre tudo bem gelado. Adicione os temperos e bata em temperatura alta por 4 minutos. A mistura deve ficar pastosa e uniforme.

Acrescente o leite em pó para emulsificar, estabilizar e reter a umidade. Bata por mais 2 minutos, desligue e guarde refrigerado para encher esse recheio na tripa e finalmente transformar em salsichas.

Para testar se o recheio da salsicha basta pegar uma porção enrolar em um filme plástico e deixar ferver em uma panela, depois retire e experimente. O ideal é que o interior da salsicha esteja a 65 graus para retirar da fervura e experimentar. Acerte os temperos e o sal caso seja necessário. Se o recheio ficar farinhento, despedaçando ou com gordura grudando no plástico é um péssimo sinal, pois provavelmente algo desandou na emulsificação, sendo que a temperatura pode ter subido muito durante o processo.

Enchendo as salsichas

Antes de encher a salsicha é necessário preparar as tripas desidratadas lavando-as em água corrente por dentro e por fora e deixando de molho por 30 minutos. Enxágue muito bem com água e vinagre.

Encha a salsicha da mesma forma que se enche uma linguiça utilizando um funil largo ou um saco com bico de confeiteiro para colocar o recheio na tripa. Empurrar o recheio na tripa e por fim girar e amarrar de 10 em 10 centímetros.
Coloque as salsichas em água para cozinhar numa temperatura entre 80 e 90 graus, ou seja, sem deixar a água ferver. Caso tenha um termômetro culinário, monitore a temperatura interior das salsichas, quando ela estiver em 65 graus (15 e 20 minutos), retire-as do fogo e coloque em outro recipiente com água bem gelada por cerca de 5 minutos para interromper o cozimento. A temperatura deve baixar para 60 graus.

Após este cozimento, a salsicha pode ser consumida ou refrigerada. Quando for prepará-la na frigideira a salsicha ficará da mesma maneira como as industrializadas (caramelizada) acrescentando sabor à salsicha.

Caso prefira um sabor mais defumado, asse as salsichas na churrasqueira deixando tostar levemente a parte externa.



Linguiça de Carne de Porco Caseira



Ingredientes:

·        02 kg de carne de porco em pedaços pequenos
·        01 kg de toucinho duro, em pedaços pequenos
·        01 colher (sopa) de sal
·        06 dentes de alho amassados
·        02 colheres (chá) de pimenta calabresa
·        01 colher (chá) de açúcar refinado
·        Tripas grossas desidratadas

Preparo:

Misture todos os ingredientes, carne e temperos, e deixe descansar por 06 horas, mexendo de vez em quando.

Prepare as tripas desidratadas grossas lavando-as em água corrente por dentro e por fora e deixe de molho por 30 minutos. Enxágue muito bem com água e vinagre.

Encha as tripas depois de prepará-las, utilizando um funil para auxiliar nesse processo. Faça alguns furos e pendure em local longe de moscas por duas a três horas.


Conserve em geladeira ou freezer até três meses.

Como fazer hambúrguer caseiro



Ingredientes:

·        500 g de carne moída (passada duas vezes na máquina de moer)
·        01 cebola ralada
·        02 dentes de alho amassados
·        ½ xícara (chá) de cheiro verde picado
·        Sal a gosto

Preparo:

Em uma tigela coloque os ingredientes, misture bem até ficar homogêneo.
Faça bolas com a carne e molde-as para ficarem em formato de hambúrguer e coloque em uma forma. Leve a geladeira por 1 hora para descansar, depois podem ser fritados ou congele-os colocando envoltos em saco de freezer ou papel manteiga.

Os hambúrgueres duram 20 dias no congelador.



Biscoitos da Sorte




Ingredientes:

02 claras de ovo
01 colher (chá) de extrato de baunilha
01 colher (chá) de extrato de amêndoa
03 colheres (sopa) de óleo de girassol
100 g de farinha de trigo
02 colheres (chá) de farinha de milho
100g de açúcar
01½ colher (sopa) de sementes de gergelim preto

Preparo:

Coloque as claras de ovo, baunilha, extrato de amêndoa, óleo e 2 colheres (chá) de água fria em uma tigela e bata até espumar de 20 a 30 seg.

Coloque a farinha de trigo, a farinha de milho, o açúcar e uma pitada de sal em uma tigela, em seguida misture o creme das claras. Bata tudo junto até que se obtenha uma mistura consistente e homogênea. Deixe a massa descansar por 1 h.

Em seguida, coloque uma colher de sopa de mistura sobre uma assadeira grande untada com óleo e farinha. Faça círculos com uma colher a massa que deve ter de 8 a 10 cm, e faça com que a massa fique em forma de biscoito fechado e levemente encurvado.

Repita com outra colher de sopa da mistura, para criar 2 biscoitos. Certifique-se que há espaço entre cada biscoito porque eles vão se espalhar no forno. É melhor assar apenas 2-3 bolachas de cada vez, como você vai precisar para moldá-los enquanto estão quentes.

Polvilhe 1 dos biscoitos com sementes de gergelim preto, em seguida, assar por 10-12 minutos até as bordas dos biscoitos fiquem dourados.

Remova os biscoitos com uma faca de paleta quando estiverem fora do forno. Se quiser que eles fiquem leves vai precisar moldá-los rapidamente. Vire o biscoito para que as sementes de gergelim fiquem voltadas para baixo e coloque os papeis com mensagens de fortuna no meio do círculo.

Dobre o círculo ao meio para garantir a fortuna e beliscar as duas arestas para selar. O biscoito pode ser formado com a borda de uma caneca ou copo e muito gentilmente puxe os 2 cantos para baixo para obter a forma de biscoito de sorte.

Segure por 10 segundos, em seguida, transfira os biscoitos para latas de biscoitos (de metal) de modo que eles mantêm sua forma enquanto esfriam completamente. 

Brechó virtual: uma nova tendência


Gabriela Diniz

Há muito tempo os brechós já deixaram de ser apenas lojas físicas, onde são vendidas roupas usadas preferencialmente sem marca – nos dias de hoje, o que vemos é, além da popularização deste tipo de negócio, brechós cada vez mais inovadores, seja por possuir roupas novas, de marca ou por simplesmente não possuir espaço físico! Estamos falando de uma nova tendência: os brechós virtuais.

As vantagens de comprar em um brechó virtual são imensas:
ü Agilidade: ao invés de ficar horas procurando uma roupa em uma arara, as roupas são expostas individualmente, ou seja, a roupa é a estrela da foto. Assim, é só ver a roupa que chama mais a sua atenção, combinar o pagamento e a entrega;
ü Praticidade: nem todo mundo tem tempo de ir a uma loja física e ficar procurando algo específico, certo? Pois com os brechós virtuais é possível procurar uma roupa, sapato, acessório ou utensílio naqueles cinco minutinhos mexendo no celular durante o horário do almoço e recebê-los em um ponto de encontro no seu caminho do trabalho para casa;
ü Interação: está à procura de algo específico ou tem alguma dúvida sobre alguma peça? Basta mandar uma mensagem para o brechó e ter sua dúvida respondida rapidinho;
ü Segurança: quem nunca comprou aquela roupa em uma loja e só em casa percebeu que tinha uma manchinha ou algum detalhe que não era tão bonito, que atire a primeira pedra. Ou então não gosta de andar pela rua com dinheiro, pois cartão é muito mais seguro? O brechó virtual facilita tudo isso. Avarias, detalhes e outras informações vêm especificadas e o pagamento pode ser feito por depósito bancário, nada de andar com dinheiro por aí;
ü Sob medida: muita gente receia comprar em lojas virtuais porque não sabe se a roupa vai servir, por exemplo, ou às vezes dependendo da loja o mesmo tamanho pode variar. O brechó virtual facilita tudo isso – você pode pedir as medidas exatas de uma peça e achar aquela que é sob medida para você;
ü Logística: achou a roupa que você queria, mas ela está lá do outro lado do país? Sem problemas! Entregas feitas pelo correio facilitam o serviço, trazendo a roupa amada em poucos dias.

Foi pensando em oferecer todas essas vantagens que surgiu o brechó Liberta o Cabide: um conceito inovador de brechó com roupas de diversos estilos e tamanhos, bolsas, sapatos, utensílios domésticos e acessórios, com ou sem marca e com preço acessível, disponível para você encontrar aquilo que é a sua cara! O que está esperando? Venha conferir!

Bermuda fitness, tamanho GG,  serve M Poliéster + elastano



Bolsa bege, Couro legítimo, Grande com 3 compartimentos internos e vários bolsos


Tamanco verde-água, Tamanho 39


Boné Baby Girl, Tamanho único (adulto ajustável) Importado dos EUA

Vestido Kisses,| Tamanho 14 (serve P)



Mala compacta de viagem , Stradda,  com expansão,  duas alças (fixa e move)


Pantalona bege, Tamanho 42,  Elástico na cintura


Quer saber mais? Acesse o perfil do brechó instagram.com/libertaocabide ou mande e-mail para brecholibertaocabide@hotmail.com e fique por dentro das novidades!

Artigo protegido pela Lei 9.610 de 19 de fevereiro de 1998. É PROIBIDO copiar, imprimir ou armazenar de qualquer modo o artigo aqui exposto, pois está registrado.
Licença Creative Commons
O trabalho Brechó virtual: uma nova tendência de Gabriela Diniz e Silva está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.
Baseado no trabalho disponível em http://sevirandosemgrana.blogspot.com/2017/02/brecho-virtual-uma-nova-tendencia.html.

Os benefícios da berinjela



A berinjela é um vegetal encontrado na natureza em diversos tamanhos e cores podendo ser verde, violeta ou branco com sabor amargo e suave. Este vegetal é rico em fibras, carboidratos, vitaminas A, B1, B2, B5, C, K, Zinco, Potássio, Cálcio, Ferro,  Magnésio, sendo excelente para a diminuição da pressão sanguínea, previnem a arterosclerose, excelente para quem tem artrite, gota, reumatismo, diabetes e para as inflamações de pele em geral, além de ser rica em tripsina que ajuda no metabolismo das células cancerígenas.

A berinjela é digestiva, nutritiva e laxante indicada para casos de desnutrição, indigestão, prisão de ventre, problemas no fígado e estômago.

Aproveitando os benefícios da berinjela no nosso organismo, aqui vão algumas receitas saborosas:

Macarrão com berinjela:


Ingredientes:

Coloque em uma forma pequena:
½ xícara (chá) de azeite
02 berinjelas cortadas em cubos ou fatias pequenas
01 cebola roxa cortada em rodelas finas
01 colher (sopa) de azeitona verde cortada em rodelas
Sal a gosto
Orégano a gosto

Preparo:

Leve ao forno pré-aquecido em 250 graus por 30 minutos. Desligue e reserve.
Em uma panela média ferva a água e coloque o macarrão tipo espaguete nº 8 até dar o ponto de cozimento. Escorra a água coloque em uma travessa, coloque um fio de azeite e misture bem. Em seguida misture com as berinjelas. Sirva ainda quente.

Berinjela de forno (falsa lasanha)


Ingredientes:

02 berinjelas lavadas, cortadas em fatias verticais e cozidas em água e sal
Molho de tomate a bolonhesa
Salsa desidratada a gosto
½ xícara (chá) de azeitonas verdes picadas
01 tomate cortado em rodelas
Queijo ralado parmesão

Preparo:

Numa forma pequena retangular coloque um pouco de molho de tomate, coloque uma camada de berinjela, coloque molho de tomate em cima e faça outra camada de berinjela. Por último coloque o resto do molho de tomate, as rodelas de tomate e salpique com salsa e queiro ralado parmesão. Leve ao forno em 250 graus por 30 minutos. Sirva ainda quente acompanhado com arroz.


As maravilhas da culinária curitibana


A culinária curitibana é uma mistura de tradições portuguesas e indígenas, o que deixa os pratos mais saudáveis e bem temperados, porém mais tarde foi agregando a influência culinária dos povos franceses, alemães, italianos, ucranianos, austríacos, poloneses, árabes, sírios libaneses e japoneses.
Aqui vão algumas receitas típicas da região.

Barreado


Ingredientes:
  • 2 kg de maminha, alcatra ou patinho
  • ½ colher (chá) de cominho
  • ½ colher (chá) de pimenta do reino
  • ½ colher (sopa) de sal
  • 02 colheres (sopa) de vinagre
  • 03 tomates grandes picados
  • 03 cebolas grandes picadas
  • 06 dentes de alho amassados
  • 02 colheres (sopa) de salsa picada
  • 02 colheres (sopa) de cebolinha verde picada
  • 02 folhas de louro cortadas em pedaços
  • 02 xícaras de bacon defumado cortado em cubos pequenos
  • ½ xícara (chá) de água
  • Farinha de trigo ou de mandioca e água para vedar a panela
Preparo:
O preparo do barreado começa na tarde do dia anterior. Limpe a carne, corte em cubos com 3 cm de lado, coloque em uma tigela, tempere com cominho, pimenta do reino, sal, vinagre e reserve.
Em outra tigela, junte tomates, cebolas, alho, salsa, cebolinha, louro e misture bem.
Em uma panela grande com tampa coloque camadas alternadas da seguinte maneira: carne, tempero, bacon, tempero, carne, tempero, bacon e assim por diante.
Acrescente a água, vede a panela com a massa feita com a farinha e a água e deixe descansar por 1 a 2 horas.
Leve a panela ao fogo brando, cozinhe por cerca de 4 horas (se durante o cozimento escapar vapor por alguma fresta, use mais um pouco da massa para refazer a vedação), tire do fogo e deixe a panela fechada durante a noite.
No dia seguinte, remova a massa da tampa com ajuda de uma faca, leve a panela ao fogo somente para aquecer e, enquanto isto, com uma concha amasse um pouco a carne antes de servir.

Muxá


Ingredientes:
  • 250 g de canjiquinha (quirera)
  • 04 xícaras (chá) de água
  • 1 pitada de sal
  • 1 litro de leite
  • 1 ¾ xícara (chá) de açúcar
  • 01 coco fresco ralado
Preparo:
Lave bem a canjiquinha (quirera). Coloque na panela de pressão com a água e o sal. Tampe e leve ao fogo alto por dez minutos. Apague o fogo, deixe esfriar e abra a panela. A canjiquinha deverá estar macia.
Retorne a panela destampada ao fogo e acrescente o leite e o açúcar e cozinhe mexendo até aparecer o fundo da panela (cerca de 40 minutos). Junte metade do coco ralada e misture. Retire do fogo.
Molhe uma assadeira e espalhe a canjiquinha. Polvilhe o restante do coco. Deixe esfriar e corte em pedaços.

Aromatizador de ambiente spray



Devido o sucesso da publicação do aromatizador de ambientes  decidi publicar outra receita só que dessa vez em spray que serve para perfumar armários, carros e ambientes.

Material:

Garrafa tipo spray de 1 litro

1 litro de água destilada

03 colheres de chá de álcool de grãos ou vodka (se preferir use hamamélis) para ajudar a dispersar os óleos essenciais e prolongar a fragrância

Óleos essenciais à sua escolha (alecrim, jasmim, anis, canela, cereja, madeira, etc)

Modo de Fazer:

Medir a água destilada e adicionar o álcool, em seguida, adicione as gotas de óleos essenciais e agite bem para misturar. Deixe descansar esta mistura por pelo menos 24 horas para permitir que os óleos fiquem homogêneos. Agite bem antes de usar.

Sempre borrife uma certa distância das roupas para não causar manchas nos tecidos devido o álcool.

Segue abaixo algumas dicas e idéias sobre o tipo de óleo essencial a ser utilizado e a quantidade de gotas para cada tipo:

Refrescante – ideal para lugares com problemas de mofo:

Laranja ou Mandarim - 15 gotas
Limão - 7 gotas

Desinfetante para borrifar nos quartos

Eucalipto - 12 gotas
Limão - 12 gotas
Pinheiro - 4 gotas

Relaxar/acalmar

Lavanda - 8 gotas
Mandarim - 4 gotas
Camomila romana - 4 gotas

Balanceamento

15 gotas de óleo essencial de lavanda
5 gotas de óleo essencial de bergamota

Reaproveitando tubos de ensaio



De repente você encontra perdido dentro de algumas caixas uma série de tubos de ensaio sem uso, e não sabe o que fazer? Aqui vão algumas idéias geniais para reaproveitá-los e transformá-los em algo rentável.

Sais de Banho:



Condimentos:


Doces:


Flores:


Mini Sabonetes:



Mel:


Lembrancinhas de bebe:


Lembrancinha de Casamento: