Panela de pressão, uma bomba na cozinha?

Marisa Fonseca Diniz



Uma parte das pessoas que cozinha fica aterrorizada quando pensa em panela de pressão, mas por quê? O mau uso do utensílio e os constantes acidentes são as principais causas da fobia da maioria das pessoas, porém antes de qualquer coisa, é necessário entender como a panela de pressão funciona.

Para entender como a panela de pressão funciona, vamos a uma aula de física.  Ao cozinharmos um alimento em água a principal intenção é atingir alta temperatura, a fim de reduzir o tempo de cozimento, porém a água que cozinha o alimento não passa de 100º C, ou seja, o ponto de ebulição vai variar de acordo com a pressão exercida.

Quanto maior for à pressão externa, maior será a temperatura de ebulição, portanto maior será o tempo em que o líquido permanecerá nesse estado físico e vice-versa. A água ferve quando as bolhas preenchem o fundo da panela, à medida que o calor é fornecido em um determinado ponto, a pressão dentro da bolha de vapor fica maior o que a pressão externa fazendo com que a bolha suba ao chegar à superfície, onde o vapor é liberado.

A partir deste momento toda energia fornecida é consumida na transformação do líquido em vapor e a temperatura permanece fixa. No caso da panela de pressão percebemos que a borracha na tampa veda por completo impedindo que o vapor escape. Sendo assim, a pressão interna da panela vai aumentando à medida que vamos aquecendo, ou seja, sob uma pressão maior que a pressão atmosférica, a água não entra em ebulição em 100ºC, mas sim em temperaturas mais elevadas, o que faz com que o alimento cozinhe mais rápido.


Quando a pressão atinge um determinado limite, acaba empurrando a válvula com pino para cima para liberar o excesso de vapor, evitando que o excesso de pressão externa faça com que a panela exploda.

A limpeza da panela de pressão deve ser feita cuidadosamente, a fim de evitar que fique restos de comida no pino e na válvula de segurança, o que acarreta acidentes.

Agora, se nem com esta explicação simples do funcionamento da panela de pressão, a fobia passa, então o melhor a fazer é seguir as dicas abaixo de como cozinhar feijão e carne sem precisar da tal panela.

Cozinhando feijão:


Escolha o feijão no dia anterior, lave e coloque em uma bacia funda. Adicione uma colher de sobremesa de fermento em pó ao feijão, tampe a bacia e deixe o feijão crescer e amolecer a noite toda.

No dia seguinte, escorra a água com fermento do feijão, lave-o e coloque em uma panela funda, tipo caldeirão, coloque água na panela até cobrir e leve ao fogo médio para cozinhar. Quando o feijão estiver cozinhando mexa de vez em quando, acrescente água sempre para que o cozimento fique por completo. Em geral, o tempo de cozimento é em torno de 30 minutos.

Cozinhando Carne:


Carne vermelha basta acrescentar 1 copo de suco de laranja ou de abacaxi e deixar de molho por 4 horas antes de temperar. Depois, deste período escorra o suco e tempere normalmente, jamais coloque vinagre no tempero e sim óleo, caso contrário a carne irá ficar dura.

Deixe a carne no tempero por pelo menos 1 hora antes de cozinhar. O cozimento deve ser feito em uma panela funda e o processo é o mesmo de qualquer outro cozimento.

É possível fazer tudo sem panela de pressão, basta seguir algumas dicas e segredinhos, o sabor e a maciez é a mesma, para quê gastar tanto dinheiro com uma panela, se com uma panela simples e barata é possível obter o mesmo resultado?

Bom apetite!

Artigo protegido pela Lei 9.610 de 19 de fevereiro de 1998. É PROIBIDO copiar, imprimir ou armazenar de qualquer modo o artigo aqui exposto, pois está registrado.

Licença Creative Commons
O trabalho Panela de pressão, uma bomba na cozinha?de Marisa Fonseca Diniz está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.
Baseado no trabalho disponível emhttp://sevirandosemgrana.blogspot.com/2016/02/panela-de-pressao-uma-bomba-na-cozinha.html.



Inovando na crise


Marisa Fonseca Diniz



A partir do mês de março, o blog “Se Virando Sem Grana” estará compartilhando vários artigos com exemplos de pessoas que deram a volta por cima na crise, não se deixaram abater pelas dificuldades financeiras e muito menos pelo empecilho da idade.

O que para muitas pessoas pode ser um momento difícil e de indecisão econômica para outras pessoas é uma ótima oportunidade de ganhar dinheiro. Lamentar não vai tirar ninguém da dificuldade financeira, muitos viraram a página, se reinventaram e atualmente vivem de seus sonhos, pois transformaram os problemas em oportunidades.

Quem não souber por onde começar, já pode ir pensando em transformar um antigo sonho em realidade ou transformar um antigo hobby em uma atividade rentável. Que a experiência de outras pessoas sirva de exemplo e incentivo para começar um novo projeto ou empreendimento sem precisar muitas gastar quase nada.

Basta ter boa vontade para dar o primeiro passo.

Até o próximo artigo com novidades! 

Como sobreviver a crise?



O ano de 2016 se foi, e este ano não está sendo diferente, a crise econômica pegou de jeito várias famílias, muitas pessoas perderam o emprego e outras tantas não conseguem trabalho para pagar suas despesas.

Pensando nisso decidi reunir as melhores dicas de como montar pequenas empresas a partir de casa mesmo, e dar uma virada na vida, produzindo e comercializando novidades aos futuros clientes.

Aproveitando a oportunidade de trabalhar com materiais recicláveis, aqui vão algumas dicas e artigos que valem a pena reler:

Decoração: